Instituto Inhotim: Onde arte e natureza se encontram

Submit to FacebookSubmit to Twitter

O Instituto abriga um Centro de Arte Contemporânea com obras reconhecidas internacionalmente, um Jardim Botânico com fragmentos florestais e jardins repletos de espécies raras.

Situado em Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte (MG), e idealizado pelo empresário Bernardo Paz, o Instituto Inhotim é um lugar peculiar: O único espaço no país com vocação para abrigar arte e natureza de forma harmoniosa. O Instituto, já visitado por mais de dois milhões de pessoas, abriga um Centro de Arte Contemporânea com obras reconhecidas internacionalmente e um Jardim Botânico com fragmentos florestais com jardins repletos de espécies raras. Pinturas, esculturas, desenhos, fotografias, vídeos e instalações de mais de 100 renomados artistas brasileiros e estrangeiros, produzidos entre os anos 60 até os dias atuais, formam a coleção do Instituto Inhotim. As obras são distribuídas ao ar livre em 22 galerias ao redor da área.

Vida, arte e movimento

O Inhotim é um espaço vivo. Por vocação, um local em constante movimento e evolução, onde consagrados e novos artistas encontram espaço fértil, verde, natural, para apresentarem seus projetos. As 17 galerias permanentes do Instituto Inhotim foram desenvolvidas especificamente para receber obras de artistas como Cildo Meireles, Miguel Rio Branco, Hélio Oiticica & Neville d’Almeida, Adriana Varejão, Doris Salcedo, Victor Grippo, Matthew Barney, Valeska Soares, Doug Aitken, Marilá Dardot, Lygia Pape, Carroll Dunham e outros. Além de promover cuidadosa curadoria em arte, o Instituto Inhotim é zeloso com o meio ambiente. Inserido em uma relevante porção florestal remanescente de Mata Atlântica e Cerrado – dois dos biomas mais ricos em biodiversidade e ameaçados do planeta - o Instituto cuida do espaço que ocupa. Dos 140 hectares da área composta de florestas estacionais semideciduais secundárias, 42 são de jardins. Soma-se a essa porção extensa uma área de 254 hectares, protegida na forma de Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN) que desde maio de 2010 está determinada a colaborar de forma vitalícia para a conservação da biodiversidade ao conectar o Inhotim ao sul da Cadeia do Espinhaço, considerada um dos mais importantes centros de diversidade e plantas do mundo.

Ações Educativas e sociais

Cerca de 1.500 alunos das redes particular e pública de ensino de Brumadinho e da Grande Belo Horizonte visitam o Inhotim toda semana. Os projetos educativos promovem uma série de ações para aproximar a sociedade dos valores da arte, do meio ambiente, da cidadania e da diversidade cultural. Além das ações educativas, o Inhotim promove também ações sociais em municípios e subdistritos próximos à Brumadinho. O compromisso com o desenvolvimento social da população local deu origem à criação da Diretoria de Inclusão e Cidadania, que atua desde 2007 em três áreas: Música, Arte e Cultura - no Vale do Paraopeba; Desenvolvimento Territorial; e Centro Inhotim de Memória e Patrimônio (Cimp). Um dos objetivos principais dessa diretoria é fortalecer o capital social do município com o apoio de lideranças e organizações comunitárias ou de natureza social. Todas as ações visam à autonomia dos sujeitos, tendo as pessoas e os grupos sociais, como centro e objeto de seu trabalho.

Arte e Gastronomia

No Inhotim, os visitantes contam com várias opções de alimentação, que vão de lanches rápidos a pratos mais elaborados. O Restaurante Tamboril possui um ambiente agradável, integrado aos jardins e ao acervo de arte contemporânea da instituição; o Bar do Ganso é uma verdadeira galeria de arte, com peças assinadas por renomados designers brasileiros, além da ambientação que remete às décadas de 50 e 70; o Café do Teatro é o ambiente ideal para saborear um delicioso café, com opções de sanduíches, salgados e outros. Por fim, o Restaurante Oiticica que está localizado próximo à obra Penetrável Magic Square # 5, De Luxe. A comida segue o padrão buffet a quilo e o menu inclui saladas e opções de caçarolas quentes.

Quer saber mais?

Horário de visitação: Terças, quartas, quintas e sextas-feiras, das 9h30 às 16h30

Sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h30

Entrada: Às quartas-feiras a entrada é gratuita. Terças e quintas-feiras o ingresso custa R$ 25. Sextas, sábados, domingos e feriados R$ 40 (meia-entrada válida para estudantes e maiores de 60 anos). Crianças de até cinco anos não pagam.

Informações: www.inhotim.org.br